Como diminuir pelos encravados

Nada estraga mais o efeito de uma boa depilação do que aquele pelinho encravado. Pior ainda são aqueles casos em que a mulher fica com a virilha toda inflamada, com pontos vermelhos e, muitas vezes, cheios de pus. Os homens também sofrem com o problema quando fazem a barba. O pescoço, como é uma área mais sensível e dobradiça, também pode ficar inflamado devido aos pelos encravados.

Nada estraga mais o efeito de uma boa depilação do que aquele pelinho encravado. Pior ainda são aqueles casos em que a mulher fica com a virilha toda inflamada, com pontos vermelhos e, muitas vezes, cheios de pus. Os homens também sofrem com o problema quando fazem a barba. O pescoço, como é uma área mais sensível e dobradiça, também pode ficar inflamado devido aos pelos encravados.

De acordo com o dematologista Leonardo Abrucio Neto, do Hospital Santa Catarina, quando o pelo está encravado, o melhor a fazer é não cutucar, espremer ou tentar romper a barreira que está impedindo que ele cresça.
– Ao mexer na região, a pessoa traumatiza ainda mais aquele folículo que produz o pelo e pode deixá-lo ainda mais inflamado ou até mesmo infeccionado, pois como está machucado, é alvo fácil de fungos e bactérias.

Segundo Neto, apesar de seu próprio corpo já trabalhar em função de “expulsar” aquele pelo e romper a barreira da pele que está impedindo que ele saia, é possível amenizar o problema em casa.
– A pessoa pode antes de dormir fazer uma compressa com água ou soro em temperatura morna em cima da região inflamada. Dá para fazer com uma bolsa de água quente ou até mesmo com um pouco de gaze úmida.

Alguns óleos vegetais, com extratos de plantas, também ajudam a acalmar a região e não tapam os poros por não serem gordurosos demais e nem possuírem conservantes em excesso, como é o caso dos óleos minerais. Ao fazer a compressa, experimente pingar duas ou três gotinhas de algum óleo vegetal, com extrato de aloe vera, calêndula, camomila ou argan. Lembre-se de que o ideal é que óleo não contenha álcool, ok?

loading...

Escreva aqui !