Ford EcoSport Versão 4×4 2013 – Fotos e preço

Nova geração do crossover passa a contar com sistema de tração integral, associado ao motor 2.0 Duratec e ao novo câmbio manual de seis marchas

Nascido com roupagem de jipinho, o Ford EcoSport escapou da acusação de ser um mero “poser” graças à versão com tração integral. Na segunda geração, não será diferente. Mesmo assumindo o seu lado crossover, o EcoSport agora passa a contar também com opção 4X4. Ao contrário do modelo equipado com câmbio automatizado Powershift, o Eco mais aventureiro só está disponível na versão Freestyle, ou seja, só com câmbio manual, de seis marchas.

FORD ECOSPORT 4X4

Preços da nova Ford EcoSport Versão 4×4 2013

O modelo parte de R$ 66.090 e tem como opcionais apenas bancos de couro e airbags laterais do tipo cortina, o que eleva a etiqueta de preço para R$ 69.790. O valor salgado garante ar-condicionado, direção elétrica, trio elétrico, sistema de som com CD/MP3, assistente de partida em rampas, freios ABS com EBD, controles eletrônicos de tração e de estabilidade e duplo airbag.

Do Ford Escape, crossover estrangeiro que sempre serviu de musa para o EcoSport, veio mais do que o estilo. O primo emprestou o novo sistema de tração integral, que não é mais do tipo sob demanda. Isso não quer dizer que o Eco tenha se tornado muito mais valente. É que o novo sistema repassa normalmente um porcentual bem menor de força para as rodas traseiras.

A eletrônica dá uma força. Capaz de fazer até 60 cálculos por segundo e de reenviar o torque para o eixo posterior em 0,1 segundo, a tração integral também pode ser ajustada pelo botão 4WD no painel, que aumenta o repasse de força para trás. Não é o suficiente para dar ao Eco autoestima suficiente para chafurdar no primeiro lamaçal, mas já dá a ele uma dose extra de coragem para brincar na terra.

FORD ECOSPORT 4X4

Sem contar com marcha reduzida, o Ford se vale de outras soluções. O novo câmbio de seis marchas tem as cinco primeiras bem mais curtas. Para se ter uma idéia, a relação da sexta marcha equivale à quinta do modelo 4X2. Em razão do novo eixo traseiro, muda também o novo esquema de suspensão multilink, bem mais sofisticado do que o arranjo por eixo de torção do Eco convencional.

No teste off-road preparado em Itatiba (SP), a maioria dos obstáculos não meteria muito medo em carros de passeio convencionais. Contudo, em trechos mais enlameados, o sistema 4X4 mostrou o seu valor e permitiu que o Eco seguisse adiante sem atolar. Andando mais forte sobre pisos de baixa aderência, o aventureiro agarrou bem no piso. Ajudam o novo arranjo de suspensão traseira independente e as rodas aro 16 calçadas em pneus 205/60, que não são de uso misto.

O ajuste de suspensão não deixa o carro rolar muito nas curvas, sem, contudo, ser do tipo que massacra os rins dos ocupantes. O ajuste está bem equilibrado entre o conforto de rodagem e a esportividade. Em pisos muito esburacados, o conforto foi quebrado apenas por alguns ruídos parasitas que surgiram na cabine.

FORD ECOSPORT 4X4

Ajuda no prazer ao dirigir a direção assistida eletricamente. Ela é macia em manobras e baixas velocidades, e tem peso correto em altas, com boa sensação de centro de volante. Da mesma forma, o novo câmbio agrada. Os engates são curtos e precisos, e a primeira marcha 17% mais curta já é suficiente para arrancar em ladeiras. Nisso também ajuda o assistente de partida em rampas, que deixa acionado o freio durante três segundos para você poder arrancar sem queimar a embreagem ou passar vergonha.

Potência da Ford EcoSport Versão 4×4 

O motor é o conhecido 2.0 16V Duratec de 141/147 cv de potência a 6.250 giros e 18,9/19,7 kgfm de torque a 4.250 rotações. Nas trilhas, ele se mostra mais que suficiente para o conjunto. Encara ladeiras em terceira e garante retomadas certeiras. Com quatro passageiros, a coisa muda um pouco de figura. É que o EcoSport 4WD tem peso de 1.404 kg, quase 100 kg a mais que o 2WD, o equivalente a um passageiro mais fornido. Ainda assim, os números indicados pela fábrica são bons: 10,9 segundos na aceleração de 0 a 100 km/h e velocidade máxima de 180 km/h.

Autoesporte

 

loading...

Escreva aqui !