Os 7 maiores psicopatas do cinema

Conheça os 7 maiores psicopatas do cinema

Todo sonho de qualquer ator ou atriz é fazer um vilão marcante. E se ele for louco então, é o marco na carreira deles, Os 7 maiores psicopatas da história do cinema na opinião do mataleone estão aqui. Nesse post eu não coloco apenas os mais malvados ou os mais famosos como Darth Vader, e sim, os mais psicopatas, os mais loucos.

7º lugar: Norman Bates (“Psicose”)

Norman Bates   Os 7 maiores psicopatas do cinema

Na obra prima de Hitchcock, “Psycho”, Norman Bates é um personagem que pela primeira vez trouxe ao cinema a figura do serial killer de uma forma tão sêca e fria. Matava todas as meninas bonitas que frequentavam o seu hotel e as matava por ciúmes de sua mãe, que na verdade já estava morta a anos. Foi também um dos filmes com final mais surpreendente, ainda mais para a época. Hitchcock rox sempre!

6º lugar: Max Cady (“Cabo do medo”)

Max Cady  Os 7 maiores psicopatas do cinema

Max Cady ( Robert De Niro) é um assassino que é condenado a prisão por culpa do seu advogado que omite provas. Após 14 anos, ele volta pra se vingar, e volta com tudo! Como estudou as leis na prisão, ele começa um jogo psicológico e dentro da lei com o seu ex-advogado. Inclusive seduz a sua filha (quer coisa pior pra um pai?). O cara era sinistro, e tentava se passar por uma pessoa normal, mas a sua verdadeira face aparece no decorrer do filme. Um dos melhores filmes do Martin Scorsese, show de bola, se não viu ainda pode ver.

5º lugar:  (“Louca Obsessão”)

Annie Wilkes  Os 7 maiores psicopatas do cinema

O filme fala sobre Paul Sheldon, um autor de sucesso, que resolve renovar sua carreira, embora reconhecendo que “Misery”, personagem-título de oito obras, mas resolve finalizar a franquia de Misery, matando a heroína. Mas, ele não contava com o rancor de sua fã n° 1, Annie Wilkes que, após resgatar Paul de um acidente numa nevasca, o recolhe em sua casa. Annie, uma conturbada ex-enfermeira com terríveis antecedentes criminais por matar bebês, acha que sua vida foi salva por Misery, a qual lhe trata como uma amiga.Quando descobre que Paul “matou” Misery para se dedicar ao novo livro, Annie, começa a montar seu show de horror.

4º lugar: John Doe (“Seven”)

John Doe  Os 7 maiores psicopatas do cinema

John Doe é o serial killer. Psicopata até o último fio de cabelo. Só aparece mesmo nos minutos finais do filme. Ele é um louco messiânico profundamente convicto de que seus atos têm um propósito maior. Age com frieza, é astuto, culto, calculista, manipulador. É capaz de tudo, simplesmente tudo, para consumar o propósito que escolheu para sua vida. Ele acha que é o anjo pacificador e escolhe sete castigos que para a sociedade. O final é louco. Ele faz com que o herói do filme se iguale a ele. Mesmo algemado ele consegue que o herói o mate, numa cena marcante na história do cinema.

3º lugar: Anton Chigurh (“No Country For Old Men” ou “Onde os fracos não tem vez”)

Anton Chigurh  Os 7 maiores psicopatas do cinema

Javier Bardem interpreta o assassino Anton Chigurh, o que lhe rendeu o Oscar de melhor ator coadjuvante. Nunca tinha visto uma atuação sequer desse ator e já virei seu fã. Chigurh persegue Llewelyn Moss com o intuito de se apossar de uma maleta contendo dois milhões de dólares encontrada por Moss. O dinheiro era proveniente de um acordo de drogas mal feito, que resultou numa chacina no meio do deserto. Mas a estrela do filme é o psicopata. Desde o cabelo “chanel” esquisitíssimo, até o seu rosto sério (ele não ri nunca e não tem senso de humor). O cabelo foi uma sugestão de Tommy Lee Jones, que consultando fotografias em livros sobre o velho oeste encontrou vários tipos que usavam aquele corte. Chigurh também chama atenção pelo tipo de armas que usa (veja aqui) . Uma 12 com um silenciador enorme e uma arma de ar comprimido que não deixa vestígio de nada. Apenas um buraco enorme. Um dos melhores filmes que vi no ano passado.

2º lugar: Coringa (“The Dark Knight”)

 Coringa ("The Dark Knight")  Os 7 maiores psicopatas do cinema

Antes de ver esse filme, já via em outros sites e fóruns as pessoas comentarem isso ou aquilo dele. O visual não tinha me agradado muito. Na verdade nem queria ver o filme, mas a namorada me “apurrinhou” pra ver e lá fui eu. Resultado: curti muito! Heath Ledger conseguiu superar a insuperável atuação de Jack Nicholson em 1989. Totalmente psicopata. Notei isso na cena em que ele coloca fogo numa montanha de dinheiro. E ele não ganhou o Oscar esse ano por “peninha” de já ter ido embora não. Ele mereceu sim.

1º lugar: Hannibal Lecter (“O Silêncio dos Inocentes”)

Hannibal Lecter  Os 7 maiores psicopatas do cinema

Hannibal Lecter é um personagem que foi imortalizado pelo ator Anthony Hopkins (Vencedor de um Oscar pela sua atuação) no filme “O Silêncio dos Inocentes”. Ele é um louco, inteligentíssimo, muito perigoso, canibal, que precisa ficar isolado e usar uma máscara tipo focinheira de cães quando está fora da cela. No filme, Dr. Lecter é consultado por Clarice Starling, uma estudante da Academia do FBI. Ela lhe solicita ajuda para reconhecimento do assassino em série “Buffalo Bill”, personagem que utiliza a pele das jovens mulheres a quem tira a vida para confeccionar peças de roupa. É nesta etapa que Lecter consegue escapar da prisão numa das cenas mais psicóticas que já vi no cinema. Assista abaixo a cena completa.

loading...

Escreva aqui !

7 Comentários