Desafios domésticos com soluções simples

Saiba como resolver Zíper enguiçado, Nó no cadarço, Bolinhas nas roupas e Desgrudar chiclete da roupa

Chiclete  Desafios domésticos com soluções simplesQuantas vezes o zíper daquela sua calça emperrou? E aquele nó no cadarço do tênis que não desata? E estes são apenas dois exemplos daquele tipo de problema doméstico que tira qualquer um do sério e muitas vezes nos faz perder horas a fio em busca de uma solução que teima em não aparecer – e que são capazes de irritar os mais equilibrados e até roubar algumas horas de sono. Mas, brincadeiras a parte, se você é do tipo que não desiste fácil e prefere resolver o problema sozinho, o iG preparou um pequeno guia para auxiliar a sua vitória na batalha contra estes e outros pequenos contratempos cotidianos.

Zíper enguiçado

Basta você decidir rapidamente qual calça pretende usar e eis que o zíper trava. E a cada nova tentativa de fechar a braguilha, mais emperrado ele parece. A situação é comum e com certeza já deixou muita gente com raiva, mas, ao contrário do que pode parecer, é possível reverter o problema sem que necessariamente seja preciso levar a peça de roupa para um profissional de costura.

Munida de um pedaço de sabão em barra seco, esfregue o trilho do zíper. Depois, tire o excesso de sabão com uma toalha seca e faça o movimento de puxar o gancho para cima e para baixo, para que o produto seja melhor absorvido, tomando cuidado para não exagerar na força. A tendência é que o sabão lubrifique a área dentada e faça com que o zíper enfim deslize. Esse processo pode ser realizado sempre na pré-lavagem das peças, mantendo assim o zíper em ordem e evitando nova surpresas.

Nó no cadarço

Um nó no cadarço pode ser pior do que uma pedra no sapato. Quanto mais você pensa em formas de desatá-lo, mais embaraçado o cordão fica. E se mesmo depois de analisar cautelosamente o nó, puxar com cuidado cada pontinha visível e até mesmo conseguir afrouxar uma parte da corda com auxílio de uma ponta de faca ou agulha o problema persistir, vale tentar um truque dos tempos da vovó: aplique uma pequena quantidade de amido de milho sobre o nó e deixe o composto agir por alguns instantes. O tecido tende a ceder e com alguns puxões certos o nó será desatado com mais facilidade – afinal, este é um daqueles verdadeiros testes de paciência que dão um gostinho especial à vitória.

Um alerta adicional: caso o cordão esteja molhado, espere ele secar. A umidade faz com que o material fique mais compactado e rígido, prejudicando o processo e complicando ainda mais o que já não estava fácil de resolver.

Bolinhas nas roupas

Responsáveis pela aposentadoria de muitas peças,  as bolinhas nas roupas são comumente causadas pelo atrito entre tecidos distintos durante a lavagem à máquina. Por isso, se você pretende evitá-las, o melhor é nunca misturar roupas de diferentes materiais no tambor. Agora, se o dano já aconteceu, o jeito é adotar medidas reparatórias.

Uma das mais indicadas é passar uma lâmina de barbear, retirando cautelosamente as bolinhas, já que o risco de cortar o tecido é grande. Para quem prefere algo menos arriscado, uma lixa de unha também pode trazer bons resultados. Passe o lado mais áspero sobre a peça e depois utilize uma esponja macia para limpar os resíduos.  Outra dica caseira tradicional e que costuma funcionar nos casos menos graves é aplicar um fita adesiva e puxar com rapidez, fazendo uma espécie de depilação na roupa.

Desgrudar chiclete da roupa

Goma de mascar pode até ser gostosa, mas quando gruda na roupa deixa até a dona de casa mais experiente em pânico. Neste caso, antes de esfregar a peça desesperadamente no tanque, vale tentar aplicar gelo em cima da área grudada para congelar o chiclete. Quando ele estiver totalmente duro e gelado, retire-o com o auxílio de uma espátula. Na sequência aplique um alvejante sem cloro ou tira-manchas sobre a área afetada para tirar a marca deixada pela massa grudenta e prossiga com o processo de lavagem habitual.

Outra opção é colocar uma folha de papel em cima do chiclete e passar a área com ferro bem quente. A goma irá se desprender do tecido e ficar grudada no papel.

loading...

Escreva aqui !

Comentário