Como presentear bem no Dia dos Namorados

Saiba como dar um presente legal a pessoa amada no Dia dos Namorados

“Antes de qualquer outro aspecto, cada casal – independentemente do tempo que está junto – sabe do grau de intimidade que tem. No entanto, a dica principal é não tentar ser engraçadinho, porque o engraçadinho sempre se dá mal”, diz Arruda.

De mãos abanando

Muitas vezes, naquela fase em que o relacionamento acabou de começar e não foi feito um pedido oficial de namoro, a pessoa fica na dúvida se deve ou não comprar um presente. Mas, a partir do momento em que combinam de fazer algum programa a dois, é conveniente não ir de mãos abanando.

É sempre muito chata a situação em que uma das pessoas dá um presente e a outra está sem nada. Por mais que a pessoa diga que não se importou, ela vai ficar chateada. Afinal, não houve o mínimo de atenção”, diz o consultor de etiqueta.

Segundo Arruda, é válido que a pessoa parta para velhas desculpas como: “esqueci em casa”, “encomendei, mas não ficou pronto”. No entanto, quem usar este tipo de argumento deve tomar cuidado redobrado para não fazer um novo papelão. “Seja criativo: se você falou que a encomenda não tinha ficado pronta, nada de aparecer com uma camiseta branca básica.”

 Valor do presente

De acordo com o consultor de etiqueta, um casal de namorados consegue perceber se existe diferença econômica entre as partes, por isso, é preciso tomar cuidado com o valor do presente para não deixar o parceiro constrangido.

“Por mais que você tenha condições e vontade de comprar um presente caro, não faça isso em uma data comemorativa como o Dia dos Namorados, que é marcada pela troca de presentes.”

O mais recomendado é caprichar em uma data que não envolva a troca de presentes. “A pessoa que deu uma camiseta e ganhou um colar de diamantes não vai se sentir à vontade. O efeito não vai ser legal”, diz Arruda.

Dessa forma, se você está disposto a gastar uma fortuna e sabe que o (a) namorado (a) não conseguiria dar um presente à altura, é mais adequado aguardar o dia do aniversário da pessoa amada.

 Fuja do mico coletivo

A intimidade de qualquer casal não precisa ser do conhecimento de mais ninguém. Por isso, nada de extravagâncias em público. “Faixa na rua e telegrama animado estão  fora de cogitação. A vizinhança não precisa saber do seu relacionamento”, diz Arruda.

Trabalho

Ainda seguindo o princípio de que ninguém além do partner precisa participar da sua intimidade, nada de querer expor a felicidade conjugal para os colegas de trabalho. Nada de enviar flores para o local de trabalho da namorada, por exemplo. A moderação também é fundamental para casais que trabalham juntos.
Nada de mesmice
Algumas vezes, casais que estão juntos há muito tempo têm dificuldade de pensar em algo inédito para presentear. Segundo o consultor de etiqueta, a vontade de inovar pode trazer transtornos. “É bacana ser criativo, mas há quem exagere na originalidade. Evite invencionices para não dar nada de estrambólico e esdrúxulo.”

Viagem como opção

Para quem está sem idéia de presente, a programação de uma viagem a dois no fim de semana pode ser uma alternativa interessante. Quem optar por presentear dessa forma deve se preocupar com todos os detalhes: reserva no hotel, passagens e lotação da cidade, por exemplo.

Caso a pessoa programe uma viagem de carro e dependa do automóvel do parceiro, é preciso atenção. “Se você programa uma viagem e depende do carro do outro, o presente é muito mixe. Diga que quer dar o presente completo e que vai encher o tanque de combustível do veículo”, afirma Arruda.

Lotação

Jantar fora e uma ida ao motel enfrentam um grande inconveniente: certamente você e seu parceiro não foram os únicos que resolveram comemorar a data desta forma.

“Por mais que você faça uma reserva antecipada no restaurante, vai estar aquele bochicho, aquela lotação. O lugar fica, invariavelmente, menos agradável”, diz Arruda. Segundo ele, uma alternativa seria uma comemoração diferenciada na própria casa de um dos dois. “Prepare um jantarzinho romântico na sua casa ou escolha um restaurante fora do circuito badalado.”

Casais em início de namoro também devem se preocupar em acertar o gosto. “Já pensou se você programa uma ida a um restaurante mexicano e a pessoa odeia pimenta? Não dê bola fora.”

loading...

Escreva aqui !