Real Dolls é uma empresa americana dedicada à fabricação de bonecas sexuais realistas, e seu sucesso impressionante de vendas indica que existe um grande mercado de consumidores dispostos a pagar até US$ 8 mil para adquirir um de seus “modelos”. Essas bonecas ainda não são capazes de interagir intelectualmente com seus usuários, mas sua incrível semelhança com uma mulher de carne e osso, juntamente com os avanços notáveis no campo da inteligência artificial, parece apontar que não se passarão muitos anos até que um ser humano possa se apaixonar por um robô.

robot-tech
Robo dormindo com mulher

Em seu livro “Love & Sex with Robots: The Evolution of Human-Robot Relationships” (“Amor & Sexo com Robôs: A Evolução das Relações entre Humanos e Robôs”, na tradução), o especialista em inteligência artificial e campeão de xadrez David Levy profetiza que em 2050, os robôs “terão capacidade de se apaixonar por humanos e se tornarem romântica e sexualmente atrativos para eles”.

Embora a opinião pública costume ser muito mais devagar que o mercado na hora de assimilar os novos avanços tecnológicos, tudo indica que a tendência continuará crescendo: o sexo com robôs já está entre nós.

Fonte: La Nacion 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here