Erros de português, eles estão por toda parte, até dói as vistas ou ouvidos quando detectamos algum, conheça os 15 erros de português mais praticados na Internet.

digitando-computador

01 – agente ? a gente
Sabe aquele espião do FBI que sempre aparece nos filmes de Hollywood? Ele é um AGENTE federal – agente (escrito junto). Já quando você quiser usar o “a gente” no lugar do “nós”, deve escrever separado – A GENTE.

02 – fasso
Essa palavra simplesmente não existe. Nem “fasso”, nem “faso”. O correto é “FAÇO”, com “ç”. É uma flexão do verbo “fazer” – “eu faço”.

03 – mais ? mas
O “mais” com “i” é igual o +. Ou seja, tem sempre o significado de quantidade (adição). Já o “mas” (sem “i”), é uma conjunção com significado de oposição ou restrição.

Exemplos:
– Quanto MAIS eu converso com o Pedro, MAIS eu fico apaixonada.
– Quero ir à festa de sábado, MAS minha mãe não deixa.

04 – abençõe
Deus te abençoe se você não coloca o ~ nessa palavra. É até normal confundir porque a palavra “bênção” leva o til, mas as flexões do verbo abençoar são sempre sem acento algum. Então o correto é ABENÇOE!

05 – concerteza
Outra palavra que na verdade não existe. O correto é COM CERTEZA, escrito de forma separada e com a letra “m” e não “n”. COM CERTEZA você não vai mais errar essa, não é?!

06 – mim ajuda
O porquê de muita gente usar o “mim ajuda” no lugar de “me ajuda” ninguém sabe. O que a gente sabe é que isso é um grande erro. ME ajuda. ME diga. ME faça um favor. ME. ME. ME!

#Dica: MIM NÃO FAZ NADA! Parece brincadeira, mas lembre-se sempre dessa frase, que na verdade significa que nunca se usa o pronome “mim” antes de qualquer verbo. EU faço. EU vou. EU digo. EU beijo. Nada de mim!

07 – menas ? menos e meia ? meio
Não importa qual seja a palavra que vem depois, o correto é usar sempre o “MENOS”. Ele é um advérbio que não sofre flexão de gênero, ou seja, nunca passa para o feminino. Assim, o correto é MENOS gente, MENOS pessoas, MENOS chances, MENOS ansiosa.

MEIO também é uma palavra invariável quando usado como advérbio. MEIO = um pouco, mais ou menos. Já a palavra MEIA tem o sentido de metade (numeral). Olha os exemplos:
“Fiquei MEIO triste porque minha amiga se esqueceu do meu niver” (meio triste = um pouco triste).
“Vamos ao cinema às nove e meia da noite” (nove horas + meia hora = nove e meia).

08 – em baixo ? embaixo
As duas formas de escrever existem, mas são usadas com significados diferentes. Geralmente, a forma que mais utilizamos é o EMBAIXO (junto), que funciona como advérbio – embaixo da mesa, embaixo do livro… Tem aquele significado de “sob alguma coisa”. Já o EM BAIXO (separado) é usado quando a palavra “baixo” tem sentido de adjetivo (contrário de alto). Ex: “Ela estava em baixo astral ontem”.

09 – as veses
ÀS VEZES, você pode errar como essa expressão é escrita. Então lembre-se: ÀS VEZES tem crase no “A” e é escrito com “Z” e depois “S”. ÀS VEZES é bom dar uma conferida se você está escrevendo a palavra do jeito certo.

10 – excessão
Essa você vai ter que decorar mesmo! EXCEÇÃO se escreve assim: primeiro com X, depois com C e então Ç no final. Decore X, C, Ç e só preencha com as outras letras E-X-C-E-Ç-Ã-O.

11 – afim ? a fim
A paquera está rolando no chat do Facebook e de repente o gatinho revela que está A FIM de você. Uau! Então, ele pergunta se você está A FIM de ir ao cinema com ele. Sempre escrito separado.

O AFIM (junto) é substantivo masculino e indica afinidade. Ex: “Thiago se interessou por Laura porque os dois têm interesses afins”.

12 – nada haver ? nada a ver
NADA A VER escrever NADA HAVER! A expressão correta é NADA A VER, que significa não “ter relação com”. Deixe o verbo “haver” longe desse tipo de frase.

13 – derrepente
DE REPENTE! DE REPENTE! DE REPENTE! Pensa na pausa de um susto: DE…REPENTE! Essa expressão é uma locução adverbial que nunca se escreve junto.

14 – porisso
POR ISSO a gente está explicando como é a grafia correta das palavras. Porque tem muita gente que ainda escreve por aí “porisso” (junto). E é errado! POR ISSO é sempre separado!

15 – começei
Está quase certo, não fosse o Ç. A regra do Ç é: não acompanhar as vogais E e I. Então é COMECEI, com o C normal mesmo!

By todateen

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here