Sexo ao vivo no Twitter

Já foram identificados (e ouvidos pela polícia) os dois adolescentes gaúchos que no domingo promoveram uma sessão de sexo explícito pela Internet, utilizando-se da ferramenta TwitCam.

Os dois foram liberados com o compromisso de se apresentarem ao Ministério Público. O rapaz tem 16 anos e a garota, 14. O delegado que conduziu as investigações foi alertado do fato por outros usuários do Twitter. Naquele momento, o vídeo estava com 25 mil visualizações.

Muitos usuários copiaram as cenas e as colocaram em outros sites. Os dois foram depor em companhia dos pais. Segundo o jovem, o sexo foi o objeto de uma aposta entre ele e a garota num jogo de cartas on line. Ela perdeu e aceitou pagar.

Também devido à repercussão do fato, ele tentou apagar seus endereços no Twitter e no Orkut, mas deixou rastros para ser encontrado. Os dois jovens se conheceram há um mês pela Web, mas só se encontraram na sexta-feira, dia 23. As pessoas que gravaram a sessão de sexo e fizeram outros posts também estão sendo rastreadas.

Nesta segunda-feira, foi colocado no site You Tube um vídeo em que um rapaz se apresenta como o menino que teve sua relação sexual transmitida pelo Twitter. Segundo o vídeo, a transmissão foi consentida e fruto de uma aposta entre os dois. Para a polícia, porém, não há diferenciação entre um ato consciente ou não, pois o crime é a transmissão das cenas.

“A investigação e o processo continuarão normalmente”, disse o delegado, que tem um prazo de até 30 dias para concluir o inquérito. Por se tratar de um menor de 18 anos, o ato infracional pode implicar em pena máxima de três anos de medida socioeducativa.

Fonte Portal Terra

Receba mais atualizações sobre o sexo ao vivo no Twitter por Email

12 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here