O filme “Frozen” induz crianças ao homossexualismo ?

Pastor evangélico afirma que o filme infantil “Frozen” induz crianças ao homossexualismo

Recentemente o filme infantil “Frozen” (Frozen – Uma Aventura Congelante, no Brasil), que ganhou o Oscar de melhor animação, foi tema do programa de rádio do pastor norte-americano Kevin Swanson que criticou a produção afirmando que ela leva “perigosas mensagens da homossexualidade e da bestialidade” para as crianças.

– Eu acho que esse filme bonitinho vai doutrinar minhas alunas de 5 anos de idade a se tornarem lésbicas – afirmou o pastor, ao criticar o filme.

O filme, produzido pela Walt Disney, conta a estória da trajetória da princesa Anna em busca de sua irmã Elsa, que fugiu e se exilou em um castelo após acidentalmente condenar o reino de seu pai a um inverno eterno.

Frozen  O filme Frozen induz crianças ao homossexualismo ?

Ao criticar o filme, o pastor e o co-anfitrião de seu programa, Steve Vaughn, afirmam que quando Anna sai em uma jornada épica para encontrar sua irmã a moral passada pelo filme é de que o amor verdadeiro é entre irmãs não entre uma mulher e um homem. Os dois argumentam que o filme doutrina crianças em tenra idade para se tornarem abertas à homossexualidade, e também à bestialidade, já que o personagem Kristoff, que acompanha Anna em sua jornada, tem um relacionamento “não natural” com o seu animal, Sven.

De acordo com o Hollywood Reporter, as críticas são direcionadas também aos estúdios Walt Disney que, segundo Swanson e Vaughn, é “uma das maiores organizações pró-homossexual do país”.

– Se eu fosse o diabo, o que eu faria para realmente estragar um sistema social inteiro e fazer algo realmente, muito, muito mal a crianças de 5 a 7 anos em famílias cristãs ao redor da América? Se eu fosse o diabo, eu iria comprar a Disney em 1984, é isso o que eu teria feito – afirmou o pastor.

Por Dan Martins, para o Gospel+

loading...

Escreva aqui !