Você acha que servir a Deus é fácil ?

Algumas pessoas imaginam que ser cristão é algo fácil . Mas viver a vida cristã nem sempre é fácil.

Algumas pessoas imaginam que ser cristão é algo fácil . Mas viver a vida cristã nem sempre é fácil. Defender Jesus pode gerar conflitos com os poderes deste mundo. Em muitos lugares ao redor do mundo, os cristãos sofrem e, às vezes, até mesmo morrem por causa de sua fé, como Pedro morreu e como acontece em nossos dias na Igreja Perseguida .


O próprio Jesus Cristo disse : “Se alguém quiser acompanhar-me, negue-se a si mesmo, tome a sua cruz e siga-me.” (Mateus 16:24). “Siga-me!”, disse Jesus a Pedro. Todos os que conheceram o Cristo vivo devem seguí-lo. Ao seguir Jesus, Pedro foi parar em Roma, onde morreu por sua fé. Diz a tradição que Pedro foi crucificado, mas pediu para ser pendurado de cabeça para baixo, pois não era digno de morrer como Jesus.

A coragem , ousadia em Deus é para glorificá-lo, em meio à vitória em uma batalha contra as trevas. Vivemos dias difíceis , com rumores de guerra, crise econômica mundial , crise na saúde mundial e para completar temos as nossas guerras familiares e pessoais , somos desafiados a “matar um leão por dia” .

A palavra de Deus nos encoraja a  servi-lo  em meios as tribulações diárias , pois a fidelidade ao Eterno é essencial para que vençamos a batalha do cotidiano . E nisso somos comandados para lutar em nome dEle , Em Apocalipse 2.10 está escrito : “Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida.” Ser fiel é manter o compromisso, com aquilo que é uma vocação dos céus , romper barreiras e amando uns aos outros como Cristo nos amou .

Observando o contexto do compromisso observo algo profundo , dorsal e definido ou seja vejo , o Amor , e com isso acabo lembrando de uma frase de um general do exército da segunda guerra , que diz : “existem conflitos armados que não podemos vencer sozinhos , mas com alianças em batalhas estratégicas ,acabamos por conquistar a vitória em uma guerra” .

 Exercer o cristianismo como mordomo de Jesus Cristo pode ser conflitante , Em João 16:33 está escrito , “Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo.” E ter bom ânimo é não desistir de cumprir os propósitos divinos , saber que o caminhar com Cristo nos leva a lugares diversos, a situações diversas.

Pensemos, por exemplo, na caminhada dos discípulos com o Mestre. No início, tudo era agradável; Jesus transformou a água em vinho, multiplicou pães e peixes, curou enfermos, ressuscitou mortos, libertou os oprimidos, etc. Que maravilha! Como é bom andar com Jesus! Mas o tempo foi passando e as circunstâncias foram ficando difíceis. Muitas pessoas foram se levantando contra Jesus e contra os seus discípulos. Fariseus, saduceus, escribas, sacerdotes, líderes políticos, muitos passaram a perseguir o Senhor Jesus, e tudo isso culminou com a sua crucificação.

Andar com Jesus é muito bom, pois esse é o caminho da salvação e da vida eterna, mas no meio dessa estrada existe uma cruz. Os discípulos não esperavam por isso, não contavam com esse lado da vida cristã. Por isso, quando Jesus foi preso, todos os discípulos fugiram.

O cristianismo não se constitui apenas das bênçãos que recebemos de Deus. Existe uma cruz no meio do caminho. Cada um de nós tem a sua cruz. Isto significa toda situação difícil em que somos tentados a fazer prevalecer nossa vontade própria em detrimento dos princípios cristãos. Se escolhermos a vontade de Deus, mesmo em meio ao sofrimento, então crucificamos a nossa carne com suas paixões e concupiscências e permanecemos em nossa posição de fidelidade ao Senhor.

Alguns momentos na batalha do cotidiano resistir o inimigo em meio à batalha pode resultar em  uma retirada do campo de batalha ,  não que isso seja um ato de covardia ou negação de Deus em como Senhor de vidas , mas por reação estratégica . Logo reagir de maneira opaca transparece fraqueza para alguns , no entanto é quando estamos fracos que nos tornamos forte . Na bíblia está escrito : E ele me disse: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. Por isso, de boa vontade antes me gloriarei nas minhas fraquezas, a fim de que repouse sobre mim o poder de Cristo. Pelo que sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco, então é que sou forte.”II Co 12: 9,10 . E nessas palavras encontramos lições importantes e edificantes. Esta afirmação difícil de entender, e mais difícil ainda de aplicar na nossa vida, foi feita pelo Apóstolo Paulo, e com isso nos indagamos : como entender o que ele disse e como aplicar esse ensinamento quando enfrentamos dificuldades?”.

Exercer mordomia única a Jesus Cristo gera conflito com o inimigo e em meio às tribulações, tentações, provações e perseguições. “…Porque a nossa luta não é contra o sangue e a carne, e, sim, contra os principados e potestades, contra os dominadores deste mundo tenebroso, contra as forças espirituais do mal, nas regiões celestes.” Efésios 6.12

Todos esses elementos podem ser reunidos na seguinte frase: momentos em que fica difícil ser cristão. As pessoas estão contra nós, ou as oportunidades nos sugerem que tudo ficaria mais fácil se negássemos nossa fé e renunciássemos ao nosso compromisso com Deus.

 Temos que ter cuidado amados , pois nessa hora, o Diabo pode estar agindo para que desistamos da nossa fidelidade. Como está escrito em 1 Pedro 5.8 , “O diabo, vosso adversário, anda ao derredor, como leão que ruge procurando alguém para devorar.”

E Deus espera que fiquemos firmes na vida cristã. Por um tempo determinado, Deus não interfere na situação. Ele deixa que nós decidamos por conta própria se vamos continuar a servi-lo ou não. Observe que quando a serpente tentou Eva ou quando o Diabo tentou a Cristo, Deus não interferiu , analise o que diz apocalipse 3.10 “Eis que estou à porta e bato. Se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele” , Jesus Cristo está a porta do nosso coração a bater , mas é necessário que o aceitemos para entrar em nosso coração .

Analisando 1 Pedro 5.8 , a bíblia compara o inimigo de nossas almas , a um leão . E quando o diabo nos tenta, ele se apresenta como um “amigo”. Parece que ele quer nos ajudar. É o caso, por exemplo, quando um crente desempregado, recebe uma proposta para ganhar dinheiro com algo ilícito ou que contraria os princípios bíblicos. Nessas horas, ele nos oferece justamente o que estamos querendo ou precisando, mas, em troca, ele estará conseguindo seu objetivo: o fim da nossa fidelidade a Deus.

Em apocalipse 2.10 está escrito : “Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida” .Ser fiel irmãos, é manter o compromisso, fazendo o que se deve fazer e evitando o que se deve evitar.  Ser fiel a Deus é procurar sempre viver de acordo com a Sua vontade, evitando sempre o erro e o pecado. E se eventualmente cometemos algum erro, algum pecado, imediatamente suplicamos o perdão e voltamos ao procedimento cristão. E diante das decepções e desânimo na fronte de batalha  da caminhada existem aqueles que abandonaram a vida cristã, assumindo uma postura de infidelidade deliberada, ou seja, desistiram, desviaram-se do caminho da salvação, a esses Deus está pronto para recebê-los como o filho pródigo, leia Lucas 15:24: “ Porque este meu filho estava morto, e reviveu; tinha-se perdido, e foi achado” .

Por isso, neste tempo tão significativo, o agora é importante , pois é o momento  em que temos um referencial de vida cristã, um referencial de perseverança, mesmo estando como ele mesmo diz: “já mais perto da eternidade”.  Será que nós que hoje servimos ao Senhor poderemos estar fora do seu caminho amanhã?   Até que ponto da sua vida você esta disposto a ir com Cristo?  Até quando você será fiel a ele?  “Sê fiel até a morte e dar-te-ei a coroa da vida”.

Portanto sendo firme e constantes no Trabalho do Senhor aqui na Terra é nossa missão , que venhamos a nos lembrar , nossa obra é para honra e glória de Deus , não é para  homens nem tão pouco promoção individual.

A nossa ação cristã é mordomia a Jesus Cristo , em meio às tempestades e guerras da vida , é não esquecer que sendo dia a dia firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o trabalho não é em vão , logo essa palavra é declarada a mim e você lembrando que compromisso é amar a obra e amar ao próximo como a nós mesmo , isso é um dos principais requisitos cristão , pois em Jesus Cristo apesar das diferenças somos um só corpo sendo assim a igreja de Cristo , para unidos conquistar a nossa geração cumprindo o ide missionário aqui na Terra , pois servir a Deus nos traz alegria !

Que essa palavra viva possa ser gravada em nossos corações e em meio às lutas e diferenças não venhamos a desistir de cumprir o nosso chamado missionário , sendo mais que amigos , irmãos e aliados  na proclamação do Reino do Eterno as Nações .

Érico Teixeira

[email protected]

loading...

Escreva aqui !

2 Comentários