Medida visa aquecer vendas de caminhões; gasolina também sofre redução

Com as vendas de caminhões em queda contínua desde o início da crise econômica mundial, em setembro de 2008, o Ministério da Fazenda anunciou nessa segunda-feira (8) a redução de 9,6% no preço médio do diesel nos postos de abastecimento. O novo valor entra em vigor já a partir desta terça-feira (9). A gasolina, por sua vez, terá uma redução de 4,5%, mas a medida vale apenas para as refinarias e o efeito não será sentido pelo consumidor por conta do aumento da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (CIDE), imposto que vem acompanhado nos preços dos combustíveis.

638_640x408

Segundo o ministro da Fazendo, Guido Mantega, na redução do preço do combustível subsidiado pelo governo já consta o aumento na mistura de biodiesel, que sobe de 3% para 4% em julho. Ainda de acordo com Mantega, o valor extra angariado pelo CIDE será repassado aos municípios e estados. "É mais uma medida anticrise", afirmou o político à Agência Estado.

Seu bolso

Com o aumento da alíquota do CIDE, a cada litro de gasolina injetado no tanque o consumidor pagará R$ 0,23 de imposto, o que representa um aumento de R$ 0,04 em relação à taxa anterior – essa elevação, porém, não chegará no bolso do consumidor, segundo Mantega, já que o preço da gasolina foi diminuído em 4,5% nas refinarias. O mesmo aumento vale para quem abastece seu veículo com diesel, que agora desembolsa R$ 0,07 de tributo a cada litro de combustível. Mesmo assim, de acordo com o governo, o valor do diesel cairá 9,6% (em média) nos postos.

via terra

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here