Quase 2000 novos nomes de domínios na internet devem ser revelados

.web, .música e outros nomes bem curiosos estão para surgir como opções de domínios

Uma nova febre do ouro da era informática tem início nesta quarta-feira, quando o organismo que regula a infraestrutura técnica da web revelar os pedidos de novos nomes de domínio na internet, como “.web” ou “.porno”, entre outras extensões mais inusitadas.

A agência independente responsável por regular os nomes de domínio na rede, a ICANN, deve revelar em Londres os mais de 1.900 pedidos de adjudicação de nomes de domínios diferentes dos habituais “.com” ou “.org”. Atualmente existem apenas 22 sufixos aprovados.

As empresas, associações, organizações e inclusive celebridades interessadas em novos domínios tiveram até 30 de maio para apresentar seus pedidos à ICANN.

dominios

Obter o sufixo de uma marca (“.apple”, “.toyota” ou “.nutella”), um produto (“.câmera”,  “.bicicleta”, “.sapato”, ou qualquer outra palavra custa 185.000 dólares, além do pagamento de uma cota anual de 25.000 dólares. A ICANN embolsou 352 milhões de dólares por estes pedidos.

Em poucos meses, quando a organização validar estes pedidos, será possível encontrar sites com domínios “.Paris” ou “.FMI”.

Esta ampliação, controvertida, foi necessária devido à explosão do número de usuários na rede, que chega a dois bilhões de pessoas em todo o mundo, a metade na Ásia, segundo a ICANN.

“Este é um momento histórico para a internet”, afirmou Bhavin Turakhia, chefe da empresa de hosting Directi, que pediu o registro de 31 sufixos, como “.web”  e “.música”.

As empresas que obtiverem os direitos de certos domínios poderão receber comissões anuais das empresas vinculadas aos nomes de domínio. Estas comissões podem ser de 10 dólares, ou muito maiores, se o sufixo estiver relacionado com endereços de maior prestígio.

Links Patrocinados
Posts relacionados
0

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*
*

Termos mais buscados
    • domínios da internet