Kanye West quer ser o novo “rei do pop”

Kanye West está disposto a ficar com a coroa de “rei do pop” deixada por Michael Jackson. Segundo o site do jornal inglês Metro, ele disse: “todos amam e respeitam Michael Jackson, mas os tempos mudam. Foi triste ver Michael partir, mas com isso abriu-se um caminho para o novo ‘rei do pop’ e eu estou disposto a ficar com o título”.

57805994Kanye West está disposto a ficar com a coroa de “rei do pop” deixada por Michael Jackson. Segundo o site do jornal inglês Metro, ele disse: “todos amam e respeitam Michael Jackson, mas os tempos mudam. Foi triste ver Michael partir, mas com isso abriu-se um caminho para o novo ‘rei do pop’ e eu estou disposto a ficar com o título”.

Ignorando que Michael Jackson ficou no top das paradas 38 vezes, o músico acrescentou: “não há ninguém que possa se igualar a mim em vendas, então faz sentido eu assumir a coroa de Michael e se tornar o novo rei”.

Adeus ao rei do pop
Michael Jackson sofreu uma parada cardíaca no dia 25 de junho. O músico chegou a ser conduzido ao UCLA Medical Center, em Los Angeles, mas foi declarado morto às 14h26 (18h26 em Brasília). Especula-se que o cantor possa ter sofrido um enfarto em decorrência do uso excessivo de medicamentos, mas os resultados dos testes toxicológicos da necropsia realizada no corpo só devem ser divulgados em agosto.

loading...

Escreva aqui !

65 Comentários

  • sonha vagabundo no lugar do michael não entra ninquem não vai ser um viado vagabundo esgraçado que vai ocupar o lugar do michael

  • aham, kanye west novo rei do pop. SONHA, SONHA QUE SONHAR FAZ BEM. jamais haverá outro rei do pop, michael pra sempre e sempre s2

  • Michael Jackson
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    Ir para: navegação, pesquisa
    Nota: Se procura outras pessoas com esse nome, consulte Michael Jackson (desambiguação).

    Michael Jackson

    Michael Jackson cantando The Way You Make Me Feel em 1988, na Bad World Tour
    Informação geral
    Nome completo Michael Joseph Jackson
    Apelido King of Pop (Rei do Pop) e “MJ”
    Data de nascimento 29 de agosto de 1958
    Origem Gary, Indiana
    País Estados Unidos
    Data de morte 25 de junho de 2009 (50 anos)
    Los Angeles, Califórnia
    Gêneros R&B, pop, rock, soul, dance
    Ocupação Cantor, compositor, dançarino, produtor e instrumentista
    Instrumentos Vocal e diversos instrumentos
    Período em atividade 1964 – 2009
    Gravadoras Motown
    Epic
    Sony-BMG
    Afiliações The Jackson Five
    The Jacksons
    USA for Africa
    Influências James Brown, Diana Ross, Sammy Davis Jr., Marvin Gaye, Jackie Wilson, Bee Gees, Stevie Wonder, Ray Charles
    Página oficial MichaelJackson.com
    Assinatura

    Michael Joseph Jackson (Gary, 29 de agosto de 1958 — Los Angeles, 25 de junho de 2009) foi um famoso cantor, compositor, dançarino e produtor norte-americano.

    Começou a cantar e a dançar aos cinco anos de idade, iniciando-se na carreira profissional aos onze anos como vocalista dos Jackson 5; começou logo depois uma carreira solo em 1971, permanecendo como membro do grupo. Apelidado nos anos seguintes de King of Pop (“Rei do Pop”), cinco de seus álbuns de estúdio se tornaram os mais vendidos mundialmente de todos os tempos: Off the Wall (1979), Thriller (1982), Bad (1987), Dangerous (1991) e HIStory (1995). Lançou-se em carreira solo no início da década de 1970, ainda pela Motown, gravadora responsável pelo sucesso do grupo formado por ele e os irmãos. Em idade adulta, gravou o álbum mais vendido e popular da história, Thriller.

    No início dos anos 1980, tornou-se uma figura dominante na música popular[1] e o primeiro cantor afro-americano a receber exibição constante na MTV. A popularidade de seus vídeos musicais transmitidos pela MTV, como “Beat It”, “Billie Jean” e “Thriller” são creditados como a causa da transformação do videoclipe em forma de promoção musical e também de ter tornado o então novo canal famoso. Vídeos como “Black or White”, “Scream”, “Earth Song”, entre outros, mantiveram a alta rotatividade dos vídeos de Jackson durante a década de 1990. Foi o criador de um estilo totalmente novo de dança, utilizando especialmente os pés. Com suas performances no palco e clipes, Jackson popularizou uma série de complexas técnicas de dança, como o Robot, o “The Lean” (inclinação de 45º), o famoso “Monwalk” entre outros. Seu estilo diferente e único de cantar e dançar, bem como a sonoridade de suas canções influenciaram uma série de artistas nos ramos do hip hop, pop, R&B e rock.

    Jackson também foi um notável filantropo e humanitário, dou milhões de dólares durante toda sua carreira a causas beneficentes por meio da Dangerous World Tour, compactos voltados à caridade e manutenção de 39 centros de caridades, através de sua própria fundação. No entanto, outros aspectos da sua vida pessoal, como a mudança de sua aparência, principalmente a da cor de pele devido ao vitiligo geraram controvérsia significante a ponto de prejudicar sua imagem pública. Em 1993 foi acusado de abuso infantil, mas a investigação foi arquivada devido a falta de provas e Jackson não foi a tribunal. Depois, casou-se e foi pai de três filhos, todos os quais geraram controvérsia do público. Em 2005, Jackson foi julgado e absolvido das alegações de abuso infantil.

    Um dos poucos artistas a entrarem duas vezes ao Rock And Roll Hall of Fame, seus outros prêmios incluem vários recordes certificados pelo Guinness World Records, incluindo “O maior artista de todos os tempos” e um para Thriller como o álbum mundialmente mais vendido de todos os tempos – quinze Grammys e 41 canções a chegar ao topo das paradas como cantor solo – e vendas que superam as 750 milhões de unidades mundialmente,[2] sendo que alguns empresários da Sony já registram a incrível marca de mais de 1 bilhão,[3] sendo o artista mais vendido de todos os tempos. Sua vida, constantemente nos jornais, somada a sua carreira de sucesso como popstar fez dele parte da história da cultura popular por mais de quatro décadas.[4] Nos últimos anos, foi citado como a personalidade mais conhecida mundialmente.

    Índice [esconder]
    1 Biografia
    1.1 Origem e infância
    1.1.1 Jackson 5
    1.1.2 The Jacksons
    1.2 Era Off the Wall
    1.2.1 Triumph Tour e E.T.
    1.3 Era Thriller
    1.3.1 Motown 25: Yesterday, Today, Forever
    1.3.2 Acidente e hospitalização
    1.3.3 We Are The World
    1.3.4 Captain EO
    1.4 Era Bad
    1.4.1 Excentricidade e vitiligo
    1.4.2 Bad World Tour
    1.4.3 Monwalk
    1.4.4 Neverland
    1.4.5 “King of Pop”
    1.5 Era Dangerous
    1.5.1 Black or White, o videoclipe de maior estréia
    1.5.2 O álbum
    1.5.3 Heal the World Foundation
    1.5.4 Dangerous World Tour
    1.5.5 Super Bowl
    1.5.6 Alegações de abuso sexual
    1.5.7 Casamento
    1.6 Era HIStory
    1.6.1 Scream, o clipe mais caro da história
    1.6.2 O álbum
    1.6.3 HIStory World Tour
    1.6.4 Blod on the Dance Flor: HIStory in the Mix
    1.6.5 Ghosts
    1.7 Era Invincible
    1.7.1 Problemas com a Sony
    1.7.2 O álbum
    1.7.3 What More Can I Give
    1.8 Anos difíceis
    1.9 Michael Jackson retoma a carreira
    1.9.1 Premiações
    1.9.2 Em estúdio
    1.9.3 2008: Thriller 25th, King of Pop e a venda de Neverland
    1.9.4 This Is It
    1.10 Morte
    1.10.1 Funeral
    2 Em Portugal
    3 No Brasil
    4 Discografia
    4.1 Álbuns de estúdio
    4.2 Coletâneas, semi-coletâneas e edições especiais
    4.3 Vídeografia VHS/DVD
    4.4 Vendas
    5 Referências
    6 Ver também
    7 Ligações externas

    Biografia
    Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência (desde junho de 2009)
    Ajude a melhorar este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto ou em notas de rodapé. Encontre fontes: Gogle – news, boks, scholar, Scirus

    Origem e infância
    Michael era o sétimo de nove filhos de Joseph e Katherine Jackson. A família inteira – incluindo os irmãos mais velhos, Rebbie, Jackie, Tito, Jermaine, LaToya e Marlon, e os mais novos, Randy e Janet – viveram juntos em uma pequena casa de dois quartos, e o pai sustentava a casa a duras penas trabalhando em uma usina siderúrgica. Por vontade da mãe, mas contra o desejo do pai, as crianças tornaram-se Testemunhas de Jeová e passaram a praticar a evangelização de porta em porta.

    De acordo com as regras rígidas do pai, as crianças eram mantidas trancadas em casa enquanto ele trabalhava até tarde da noite. Entretanto, as crianças escapavam freqüentemente para as casas dos vizinhos, onde cantavam e faziam música. Os irmãos mais velhos mexiam na guitarra do pai Joseph sem sua permissão enquanto ele estava trabalhando. Até que um dia Joseph tomou consciência do talento de seus filhos e resolveu ganhar dinheiro com isso, e assim sair de Gary e ir para a Califórnia, para mais tarde serem contratados pela Motown.

    Jackson 5
    Na Motown, Michael e seus irmãos gravaram vários álbuns, o que lhes rendeu fama mundial. Com apenas treze anos Michael, através dos Jackson Five, havia colocado quatro canções no topo das paradas: “I Want You Back”, “ABC”, “I’ll Be There”, “The Love You Save”. Michael iniciou sua carreira solo quando ainda estava na Motown, quando lançou os álbuns Got To Be There, Ben, Music & Me e Forever, Michael, todos com pelo menos um sucesso mundial. A partir de 1973 a popularidade do grupo começou a diminuir, embora eles tivessem sucessos razoáveis como “I Am Love” e “Dancing Machine”. Nesse último, durante as apresentações, Jackson simulava um robô dançando. A dança tornou-se bastante popular no mundo todo.

    Durante sua infância Michael e seus irmãos sofreram constante abuso de seu pai, que batia freqüentemente nas crianças, e as aterrorizava psicologicamente. Os ensaios eram supervisionados pelo pai com um cinto na mão. Certa vez Michael e seus irmãos foram dormir no quarto de um hotel e deixaram a janela aberta. Joseph escalou a janela com uma máscara no rosto e deu um susto nos irmãos, somente para ensiná-los a não deixar a janela aberta quando fossem dormir. Anos depois, Jackson sofreu pesadelos sobre ser sequestrado do seu quarto e chorava com isso. Durante sua entrevista a apresentadora Oprah Winfrey, em 1993, Michael disse que durante sua infância chorou várias vezes por solidão e que muitas vezes vomitava só de ver seu pai. No documentário de 2003, Living with Michael Jackson, do jornalista britânico Martin Bashir, o cantor chorou ao relembrar de sua infância.

    The Jacksons
    Em 1975, os Jackson Five saíram da Motown e assinaram contrato com a Epic em busca de mais liberdade para produzir suas canções. Como resultado do processo judicial, tiveram que mudar o nome para The Jacksons. Michael foi o principal compositor do grupo, escrevendo sucessos como “Shake Your Body (Down To The Ground)”, “This Place Hotel”, “Can You Feel It?”. Durante a sua adolescência sofreu de depressão por não aceitar estar crescendo, enquanto sua pele passava por um período de alto grau de acne.

    Em 1978, Michael co-estrelou The Wiz no papel do Espantalho com sua companheira de gravadora, Diana Ross, como Dorothy. As canções do filme foram arranjadas e produzidas por Quincy Jones, que simpatizava com Michael. Após assinar o contrato com a Epic, em 1978, Michael trabalhou com Quincy em muitos álbuns.

    Era Off the Wall
    Michael começou a gravar Off the Wall durante a primavera norte-americana de 1978. Com a produção de Quincy Jones, Jackson selecionou dez canções as quais formaram seu primeiro álbum solo em idade adulta. Off The Wall causou furor entre o público e a mídia especializada. A mistura de black music e disco do álbum tornou-se referência nos anos que se seguiram. Michael ganhou seu primeiro Grammy com o compacto de “Don’t Stop ‘Til You Get Enough”, uma canção escrita e produzida por ele. Foram dois anos de constante exposição no rádio e na televisão. Foi a primeira vez que um artista colocou quatro canções de um mesmo álbum entre as dez mais tocadas tanto no Reino Unido quando nos Estados Unidos. Em 1980, Off The Wall já era o álbum de black music mais vendido da história. Os números chegam, atualmente, a 20 milhões de cópias.

    Apesar de ter vendido com um único álbum solo mais do que os Jacksons haviam conseguido na carreira de 11 anos, Michael resolveu continuar com os irmãos, atendendo a pedidos da mãe.

    Triumph Tour e E.T.
    Leia também: Thriller; The Jacksons – Victory Tour.

    Em 1979 durante um ensaio, Jackson caiu e quebrou o nariz, sendo obrigado a operar o nariz. Sua primeira rinoplastia não foi um completo sucesso, e Jackson reclamou de dificuldades respiratórias que afetavam sua carreira. Ele foi submetido ao Dr. Steven Hoefflin, que realizou a segunda rinoplastia de Jackson e outras subseqüentes operações.

    Depois de lançar mais um disco com os Jacksons em setembro de 1980 e cumprir uma apertada agenda de divulgação – que incluía especiais no rádio e uma seqüência de 39 espetáculos pelos Estados Unidos -, Michael tinha pouco tempo para gravar o álbum que sucederia Off The Wall. Ainda assim, aceitou um convite do cineasta Steven Spielberg para narrar a história do filme E.T., O Extraterrestre (1982) em um disco que ainda incluiria a canção inédita “Someone In The Dark”.

    Jackson resolveu trabalhar nos dois projetos simultaneamente, o que gerou desconforto na Sony Music. O disco narrado por Michael seria distribuído pela MCA Records no mesmo mês em que a gravadora tinha agendado o lançamento de Thriller. A Sony Music entrou na Justiça e conseguiu cancelar o projeto. Enquanto isso, Jackson concluiu as gravações de Thriller. O álbum foi finalizado em seis meses e lançado em novembro de 1982, depois de vários adiamentos.

    Era Thriller
    1982-1986
    Thriller é atualmente o álbum mais vendido da história, com mais de 106 milhões de cópias vendidas no mundo. Nos dois anos que se seguiram ao lançamento, o álbum foi a maior sensação da América, influenciando não somente a música, como também a dança, a moda e a televisão. Thriller chegou à primeira posição entre os mais vendidos dos Estados Unidos no dia 21 de fevereiro de 1983 e permaneceu na posição por 37 semanas no primeiro lugar[5] e mais 43 no top 10, um recorde. Sete compactos foram lançados e dois conquistaram o primeiro lugar, “Billie Jean” e “Beat It”.

    Thriller foi também um marco na luta contra a discriminação racial na indústria fonográfica. Jackson tornou-se o primeiro artista negro cuja música estava no ar na MTV, com o videoclipe de “Billie Jean”, dirigido por Steve Baron. A canção “Beat It”, que tinha participação do guitarrista Eddie Van Halen, fez rádios de rock, na época orientadas a um público essencialmente branco, tocarem a canção de um negro; e fez rádios de black music tocarem rock. Um feito inédito até então.

    Motown 25: Yesterday, Today, Forever

  • sem comparção
    olha o do michael que eu vou mandar
    Kanye West
    Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
    Ir para: navegação, pesquisa
    Kanye West

    Kanye West 2009
    Informação geral
    Nome completo Kanye Omari West
    Data de nascimento 8 de Junho de 1977 (32 anos)
    Origem Atlanta, Geórgia
    País Estados Unidos
    Gêneros Hip-hop
    Hip hop alternativo
    R&B
    Pop
    Black music
    Instrumentos vocal
    Período em atividade 2000 – atualmente
    Gravadoras GOOD Music, Roc-A-Fella, Def Jam
    Afiliações Child Rebel Soldier, Jay-Z, Madonna, Common, John Legend, Consequence, Lupe Fiasco, Pharrell, Mos Def, Talib Kweli
    Página oficial www.kanyewest.com

    Kanye Omari West, ou simplesmente Kanye West, (Atlanta, 8 de Junho de 1977) é um produtor musical e rapper americano, nativo de Chicago, Illinois, que para muitos é um promissor nome do hip hop internacional.

    Índice [esconder]
    1 Biografia
    1.1 2009: Incidente no VMA
    2 Discografia
    2.1 Álbuns
    2.2 Ao Vivo
    2.3 Outros
    3 Singles
    3.1 Solo
    4 Mixtapes
    5 Participações
    5.1 Apareceu como convidado
    6 Referências
    7 Ligações externas

    [editar] Biografia
    West nasceu em Atlanta, Geórgia, onde viveu parte de sua infância. “Kanye” significa “o único” em suaíli. Com o divórcio dos pais, aos três anos de idade, Kanye se mudou com a mãe para Chicago, Illinois. Seu pai é Ray West, um ex-membro dos Panteras Negras que foi um dos primeiros fotojornalistas negros do Atlanta Journal-Constitution e hoje é um conselheiro espiritual cristão. A mãe de Kanye, Dr. Donda West, trabalhou como professora no departamento de inglês da Chicago State University antes de se aposentar para virar a empresária de Kanye, e escrever o sucesso “Raising Kanye” onde ele conta como é e foi a vida com a estrela. Donda feleceu no dia 10 de Novembro de 2007 em função de uma cirurgia estética mal-realizada, Kanye não conseguiu segurar as lágrimas e interrompeu seu show em Paris (primeiro desde a morte da mãe) na música “Hey Mama”. Kanye foi criado em um bairro de classe média alta no bairro suburbano de Oak Lawn.

    Depois de frequentar a The American Academy of Art, uma escola para estudantes de arte em Chicago, frequentou a Universidade de Chicago, mas veio a desistir para poder começar a trabalhar na carreira musical. Enquanto andava na escola, Kanye já produzia beats para artistas da zona. Veio a ganhar fama mais tarde por produzir músicas que se vieram a tornar hits para, na maioria, artistas de hip-hoparaR&B, entre eles Common, Jadakiss, The Game, Alicia Keys, Foxy Brown, Jay-Z, Memphis Bleek, Beanie Sigel, Cam’Ron, Mariah Carey ,Janet Jackson, Hugh “MC Son” Ryan, Brandy, Eminem, Talib Kweli, Keyshia Cole, Dilated Peoples, Ludacris, Lupe Fiasco, e John Legend. Em 23 de Outubro de 2002, teve um acidente de automóvel, adormeceu numa noite em que vinha do estúdio e segundo ele estava bastante cansado, o carro despistou-se, Kanye West teve perto de morrer nessa noite, o seu queixo ficou partido em 3 partes, hoje anda com uma barra de metal no queixo.

    A carreira de produtor/rapper começou com o produtor NO I.D. que produzia o Common. NO I.D. encorajou Kanye a samplear hits antigos de Soul e dar um “sabor” novo para eles. Mas Kanye era mais que um produtor, era um rapper, só que as gravadoras não viam isso. Tudo mudou quando Kanye conheceu Damon Dash e Jay-Z, CEOs da Roc-A-Fella Records. Kanye passou a produzir muitos beats para Jay-Z, fazendo um disco clássico em The Blueprint. E com a aposentadoria de Jay-Z, Kanye se tornou o artista com mais vendas no time da Roc provando que esse jovem da Chi Town pode fazer as cabeças baterem ao redor do mundo.

    [editar] 2009: Incidente no VMA
    Durante o MTV Video Music Awards de 2009, Kanye West subiu ao palco e pegou o microfone de Taylor Swift durante os agradecimentos dela por ter ganho o Melhor Video Feminino com a música “You Belong With Me”, dizendo que o clipe da cantora Beyoncé interpretando “Single Ladies”, concorrendo pelo mesmo prêmio, era “um dos melhores clipes de todos os tempos”, e fazendo com que as pessoas presentes no local o vaiassem.[1] Ele entregou o microfone de volta para a atordoada e chateada Swift, que não terminou seus agradecimentos. West foi retirado do restante do show por seu mau comportamento. Durante o comercial, a cantora Pink andou perto do rapper e sacudiu a cabeça em desgosto. Quando Beyoncé mais tarde ganhou o prêmio de Melhor Video do Ano por “Single Ladies”, ela chamou Swift de volta para o palco para que ela pudesse terminar seus agradecimentos. Após a premiação, West pediu desculpas pela sua atitude em seu blog.[2] Pink twittou e falou sobre o incidente no Today Show. Várias celebridades, incluindo Pink, Spencer Pratt, Joel Madden, Adam Lambert, Kellie Pickler e Mishavonna Henson twittaram em apoio a Swift. A cantora Kelly Clarkson, como Pink, também estavam concorrendo na mesma categoria, postaram em seus blogs sobre o acontecimento. West também pediu desculpas pela segunda vez no dia após a premiação.[3]. Recentemente, por tal atitude, foi chamado de “idiota” pelo atual presidente dos Estados Unidos da América, Barack Obama.[4]

    [editar] Discografia
    Ver página anexa: Discografia de Kanye West
    [editar] Álbuns
    2004 – The College Dropout
    2005 – Late Registration
    2007 – Graduation
    2008 – 808’s & Heartbreak
    [editar] Ao Vivo
    2005 – Late Orchestration
    [editar] Outros
    2005 – The College Dropout Video Anthology
    [editar] Singles
    [editar] Solo
    Ano Single Posição nas paradas[5] Álbum
    EUA EUA R&B EUA Rap ALE CAN GBR AUS
    2003 “Through the Wire” 15 8 4 61 23 9 — The College Dropout
    “Slow Jamz” (Twista part. Kanye West & Jamie Foxx) 1 1 1 — 12 3 26
    2004 “All Falls Down” (part. Syleena Johnson) 7 4 2 — 9 10 —
    “Jesus Walks” 11 2 3 — 4 16 37
    “The New Workout Plan” — 60 — — — — —
    2005 “Diamonds from Sierra Leone” 43 21 11 67 18 8 — Late Registration
    “Gold Digger” (part. Jamie Foxx) 1 1 1 35 2 2 1
    “Heard ‘Em Say” (part. Adam Levine) 26 17 12 — 19 22 27
    2006 “Touch the Sky” (part. Lupe Fiasco) 42 23 10 — 36 6 10
    “Drive Slow” (part. Paul Wall & GLC) — 42 — — — — —
    2007 “Can’t Tell Me Nothing” 41 20 8 — 16 107 — Graduation
    “Stronger” (part. Daft Punk) 1 30 3 17 1 1 2
    “God Life” (part. T-Pain) 7 3 1 78 23 23 21
    “Flashing Lights” (part. Dwele) 29 12 2 — — 29 82
    2008 “Homecoming” (part. Chris Martin) 69 — 9 — 4 9 32
    “Love Lockdown” 3 26 — 7 5 8 18 808s & Heartbreak
    “Heartless” 2 4 1 — 8 10 40
    2009 “Amazing” (feat. Young Jeezy) 89 109 — — — — —
    “Paranoid” (feat. Mr. Hudson) — — — — — — —

    “—” Indica que o single não entrou na respectiva parada musical.

    [editar] Mixtapes
    2002 – Chi Town Productions Presents: The Lost Tapes
    2003 – I’m God
    2003 – Get Well Son
    2003 – Mick Bogie – Kanye Essentials: First Semester
    2003 – Akademiks: Jeanius Level Musik
    2003 – Akademiks: Jeanius Level Musik 2
    2004 – Kon The Louis Vitton Don
    2004 – The High Schol Graduate Mixtape
    2004 – The High Schol Graduate Mixtape 2
    2005 – Freshmen Adjustment
    2005 – Freshmen Adjustment 2
    2005 – Best of Kanye West
    2005 – Tapemasters, Inc. & Kanye West: We Major In This
    2005 – Mick Bogie & Kanye West – Second Semester: Kanye Essentials 2
    2005 – The Late Mixtape
    2005 – Summer Schol (The Late Registration Prequel)
    2005 – Kanye West & J.A.M.E.S. WATTS – Summer Vacation: I’ll Be Coming Home
    2006 – DJ Keyz & Kanye West: Kon The Don
    2006 – Clinton Sparks & Kanye West: Touch The Sky
    2006 – The College Dropout: Mixtape Version
    2006 – The College Dropout: Mixtape Version 2
    2006 – The College Dropout: Mixtape Version 3
    2006 – DJ LRM & Kanye West: Ego
    2006 – DJ Kochece Presents Kanye West & Pharrell: Skateboards & Blazers
    2006 – DJ LRM: Instrumental World # 35 (Kanye Edition)
    2006 – DJ Rukiz: Early Enrollment (Kanye Blends)
    2006 – DJ A-Trak & Kanye West: Welcome 2 Kanye’s Soul Mix Show
    2006 – Lushlife Presents: West Sounds (Kanye Meets The Beach Boys)
    2006 – Gold Digging: As Sampled By Kanye West
    2006 – Class of ’06: World’s Best Dressed Label Under G.O.O.D Music
    2007 – Kanye West Presents: Promise
    2007 – DJ Dub: Style & Grace
    2007 – DJ Dub: Style & Grace 2
    2007 – Can’t Tell Me Nothing (The Official Mixtape Mixed By Plain Pat)
    2007 – Freshmen Adjustment 3
    2007 – DJ LRM & Stackhouse: Alter Ego
    2007 – DJ Mike Wacks & Illrots.com: The Graduate
    [editar] Participações
    Ano Música Posições nas paradas Álbum
    U.S. Hot 100 U.S. R&B U.S. Rap RU
    2003 “Overnight Celebrity” Twista (feat. Kanye West) 6 2 1 16 Kamikaze
    2004 “This Way” Dilated Peoples (feat. Kanye West) 78 41 22 – Neighborhod Watch
    “Down & Out” Cam’ron (feat. Syleena Johnson & Kanye West) 94 29 20 – Purple Haze
    “Talk About Our Love” (Brandy feat. Kanye West) 36 16 – 6 Afrodisiac
    “Selfish” (Slum Village feat. John Legend & Kanye West) 55 20 15 – Detroit Deli (A Taste of Detroit)
    “The Fod” (Common feat. Kanye West) – – – – Be
    “I Changed My Mind” (Keyshia Cole feat. Kanye West) 71 23 – 48 The Way It Is
    2005 “Extravaganza” (Jamie Foxx feat. Kanye West) – 52 – 43 Unpredictable
    “Go!” (Common feat. John Mayer & Kanye West) 79 31 21 79 Be
    2006 “Grammy Family” DJ Khaled (feat. Consequence, John Legend, & Kanye West) – 124 – – Listennn… the Album
    “Number One” (Pharrell feat. Kanye West) 57 40 – 31 In My Mind
    2007 “Wouldn’t Get Far” The Game (feat. Kanye West) 64 21 11 – Doctor’s Advocate
    “Classic (Better Than I’ve Ever Been)” (por Kanye West, Nas, Rakim & KRS-One) – – – –
    2008 “Beat Goes On” Madonna (feat. Kanye West) – – – – Hard Candy
    “Put On” (Young Jeezy feat. Kanye West) 12 3 1 — The Recession
    “American Boy” (Estelle feat. Kanye West) 9 55 – 1 Shine
    “Swagga Like Us” (Jay-Z feat. T.I., Kanye West & Lil Wayne) 5 11 4 33 Paper Trail e The Blueprint 3

    [editar] Apareceu como convidado
    Ano Música Artista(s)
    1999 “What You Do to Me” Infamous Syndicate
    2000 “Let’s Get Married (Reception remix)” Jagged Edge
    2001 “Welcome 2 Chicago” Abstract Mindstate
    “Never Change” Jay-Z
    2002 “The Bounce” Jay-Z
    2003 “The God, the Bad and the Ugly” Consequence
    “Knock Knock (remix)” Monica
    “Changing Lanes” CHOPS
    “Higher” Do or Die
    2004 “U Know” White Boy
    “Oh Oh” Melbeatz
    “So Soulful” Consequence
    “03 ‘til Infinity” Consequence
    “Take It As a Loss” Consequence
    “I See Now” Consequence, Little Brother
    “Getting Out the Game” Consequence
    “Gettin’ It In” Jadakiss
    “Turn Yourself In” Consequence
    “Get By (remix)” Talib Kweli, Mos Def, Busta Rhymes, Jay-Z
    “Down and Out” Cam’ron, Syleena Johnson
    “My Baby” Janet Jackson
    “Confessions Part II” (remix) Usher, Twista, Shyne
    “I Got a Love” Jin
    “Pusha Man” Bump J
    “Pusha Man (remix)” Bump J, Keyshia Cole & Rhymefest
    “The Way That U Do” Carl Thomas
    “Number One” John Legend
    2005 “Crazy” Aura
    “They Say” Common
    “Fly Away” Miri Ben-Ari, Fabolous & Musiq
    “Stay the Night” Mariah Carey
    2006 “Brand New” Rhymefest
    “More” Rhymefest
    “Tell Me When to Go (remix)” E-40, The Game, Ice Cube
    “Back Like That (remix)” Ghostface Killah, Ne-Yo
    “Rise of the Phynx” Jet Phynx
    “Changing Lanes” Jet Phynx
    “Oh Drama” Chamillionaire, Stat Quo
    “Toth Pick” Talib Kweli
    “Like This” DJ Clue, Fabolous
    “Still Dreaming” Nas
    “Anything” Patti LaBelle, Consequence
    “Nirvana” Psycho Drama
    2007 “I Still Love H.E.R.” Teriyaki Boyz
    “This Ain’t a Scene, It’s an Arms Race (remix)” Fall Out Boy
    “My Drink n My 2 Step (remix)” Cassidy, Swizz Beatz, Ne-Yo
    “No One (remix)” Alicia Keys
    2008 “Billie Jean” (Thriller 25th) Michael Jackson
    2009 “Ego” Remix (I Am… Sasha Fierce) Beyoncé

    |2009 |”Forever]] |Eminem Feat. Lil Wayne & Drake) |-
    ação

  • NUNCA , O MICHAEL VAI SER SUBSTITUIDO POR
    ESSE CUZÃO .. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    ESCREVERÃO ISSO DPS QUE CHAPARÃO NE ?
    SO PODE SEER .. UM REI NUNCA PERDE SEU TRONO
    MUITO MENOS O MICHAEL!

  • SHuahsuh!! Não posso ter certeza de que essa declaração é verdadeira, porque a mídia destorce muita coisa, mas se for verdade, boa sorte para ele!! Ele não deve ter noção do que ele precisa para ao menos se igualar ao Mike! Mas outra coisa, porque eh q tem gente chamando o cara de “nego incardido”, “esse negro aí” “nego feio”. Gente, eu respondo o que o Mike tem a ver com ele!! O Cara era negro!!! Ele nasceu negro!! Vamos parar com o racismo aí…porque já ta sendo ridículo!! Pelo amor né!! Nem parece que é fã! Quer xingar o cara? POde xingar, mas pelos atos dele e não pela aparência!

  • Nada disso não existirá outro Rei do Pop,esta dádiva só Michael Jackson tem,ele é insubistituivel.Nada de Kanye west.

  • quanta humildade hein……………um bosta como esse que agradiu uma mulher em pleno mtv awards e foi chamado jackass peelo próprio obama fica ai se achando o tal……………….ah se tivesse cara-a-cara comigo………….ia ver como o sistema funciona…….só tenho que rir desse otário kkk

  • quem é esse fulano que eu nunca nem vi falar , coita-do !!! pra ser rei não precisa roubar título , precisa nascer rei e você não é . michael já nasceu estrela e estrela nunca se apaga e quem é rei nunca perde a magestade…….

  • home pelo amor de deus esse cara ta pensando ki e quem ele não ten nada a ver o mj ele deve ser louco em querer ocupar o lugar dele rei so tem um ki e michael jackson porrrraaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

  • O q esse negro ai tem alguma coisa haver com MJ?

    ele e ridiculo

    comoe vocês gotam de uma merda dessa em?

    vocêcs tem e muito mal gosto vocês sao horriveissssss