Mano Brown é capa da Rolling Stone Brasil

Em transformação, líder do Racionais MCs fala de novas atitudes e novas referências musicais. ‘Aquele Mano Brown virou sistema viciado’, declarou.

Em transformação, líder do Racionais MCs fala de novas atitudes e novas referências musicais. ‘Aquele Mano Brown virou sistema viciado’, declarou.

BROWNMano Brown, avesso a entrevistas, resolveu quebrar o silêncio e falar à “Rolling Stone Brasil”. No papo, o líder do Racionais MCs admite que mudou seu comportamento. “Inteligência é estar no convívio, participando, interagindo. Não é se isolar. Essa empáfia de achar que sabe tudo e os outros não sabem nada passou a me irritar. No rap, isso me irrita”, esclarece.

E não é só na atitude que o rapper está mudado. No corpo também. Nas fotos que fez à revista, Brown está mais magro e mais malhado. A vida financeira do rapper também é outra. Hoje, anda em carro importado e não esconde que seus negócios rendem bons lucros. As referências musicais também se transforam, ele descobriu Roberto Carlos e está se inspirando no rei para compor. “Não posso ser refém de nada. Nem do rap. Aquele Mano Brown virou sistema viciado”, define.

Na entrevista, Brown ainda fala sobre o próximo álbum, Lula, família, Caetano Veloso e o compositor Cassiano, com quem tenta fazer uma parceria musical. “Por que você não quer, Cassiano?”, pergunta.

loading...

Escreva aqui !