Calázio – Como previnir e tratar

Atualizado por em Comentários 21  

Calázio – Como previnir e tratar

CalázioCalázio – Como previnir e tratar

Relatos de caroço vermelho, calombo ou inchaço nas pálpebras podem ser sinais de calázio. Esta é uma patologia que, além do transtorno estético, pode vir acompanhada de dor. Tathyana de Britto Pavanelli, oftalmologista do setor de Oculoplástica do Serviço de Oftalmologia do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho (HUCFF), explica: “O calázio é uma reação granulomatosa por retenção de secreção das glândulas tarsais, presentes nas pálpebras superior e inferior”.

Segundo a oftalmologista, os sintomas se caracterizam por lesão nodular avermelhada de consistência dura, que pode surgir tanto na pálpebra superior quanto na inferior. É uma enfermidade que atinge qualquer faixa etária. “É possível causar dor ou não”, afirma Pavanelli.

O calázio costuma ser confundido com o hordéolo externo, popularmente chamado de terçol. Isso ocorre devido à grande semelhança de sintomas entre ambos. “A diferença fundamental é que o calázio é uma lesão crônica, enquanto o terçol é um processo inflamatório agudo” diferencia Tathyana.

– Alguns fatores como pele oleosa e estresse costumam favorecer a formação do calázio – afirma a oftalmologista. O calor também facilita a incidência da lesão, pois faz com que o corpo transpire mais do que o comum, o que torna a pele mais oleosa.Pessoas que já manifestaram a enfermidade também podem estar mais vulneráveis. “É usual haver uma tendência ao calázio. Quem teve uma vez pode apresentar o quadro novamente”, diz Pavanelli.

É comum que se relacione a incidência do calázio a outros problemas de vista. De acordo com Tathyana, essa enfermidade não possui nenhuma relação com astigmatismo ou hipermetropia, nem sequer aparece como sinal de que o olho esteja funcionando de maneira excepcional.

Tratamento do Calázio

Segundo Pavanelli, o tratamento clínico consiste no uso de pomadas, antibiótico e corticóide, associados a compressas mornas. O período de recuperação deve durar de dez a 14 dias.

– Se não houver melhora com o tratamento clínico, é necessária uma intervenção cirúrgica – afirma Tathyana. A cirurgia consiste na excisão do calázio e é simples, feita com anestesia local. A pálpebra é invertida e uma pequena incisão vertical é realizada em seu lado interno, por onde se retira o conteúdo do calázio. Segundo a especialista, no caso de criança, o procedimento acaba sendo mais complicado, pois é necessário que a criança esteja sedada.

Fonte : www.olharvital.ufrj.br

Links Patrocinados
21
  1. Estou com calázio há 2 meses, ele está amolecendo, ele sai totalmente??? Vou começar a fazer compressas já que não sabia que era tão boas…

  2. minha filha tem três anos e esta com esse calázio a quase um mês to preocupada será que compressas darão jeito nesse caso..

  3. eu tenho um calazio fiz a cirurgia mas não saiu ainda ta a bolinha =(
    v procurar outro medico pra avaliar o porq não saiu ….

  4. TENHO CALAZIO MAI DE UNO, NO COMECO AXEI KI ERA NORMAL MAIS DEPOIS DE MUITO BULLYING FIZ O EXAME E PRECISO DE SIRURGIA MAIS TENHO MUITO MEDO!

  5. EU TENHO CALÁZIO NO OLHO DIREITO!
    E TENHO MUITO MEDO DE FAZER SIRURGIA!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*
*