A forma definitiva de acabar ou Prevenir as Varizes

Saiba a forma definitiva de acabar ou Prevenir as Varizes

O que são varizes?

Varizes, ou veias varicosas, são veias dilatadas, com volume aumentado, tornando-se tortuosas e alongadas com o decorrer do tempo. Microvarizes, ou telangiectasias, são varizes intradérmicas, superficiais e, por esse motivo, adquirem uma coloração mais avermelhada ou arroxeada.
A palavra variz se origina do latim: VARIX que significa SERPENTE.
As veias mais acometidas pela doença varicosa são as dos membros inferiores: nos pés, pernas e coxas.
Algumas pessoas apresentam minúsculas ramificações, de coloração avermelhada. Estes casos costumam ser assintomáticos e provocam apenas desconforto estético em seus portadores. Esses pequenos vasos são de localização intradérmica.
As varizes são mais comuns em mulheres do que em homens.

O que são varizes? Varizes, ou veias varicosas, são veias dilatadas, com volume aumentado, tornando-se tortuosas e alongadas com o decorrer do tempo. Microvarizes, ou telangiectasias, são varizes intradérmicas, superficiais e, por esse motivo, adquirem uma coloração mais avermelhada ou arroxeada.A palavra variz se origina do latim: VARIX que significa SERPENTE.As veias mais acometidas pela doença varicosa são as dos membros inferiores: nos pés, pernas e coxas.Algumas pessoas apresentam minúsculas ramificações, de coloração avermelhada. Estes casos costumam ser assintomáticos e provocam apenas desconforto estético em seus portadores. Esses pequenos vasos são de localização intradérmica.As varizes são mais comuns em mulheres do que em homens.

As varizes são classificadas em seis tipos, variando do C1 ao C6. Os vasinhos pequenos são considerados varizes do tipo C1. As varizes de grosso calibre ou até mesmo feridas provocadas por distúrbios venosos estão entre as classificações C2 e C6.

Como se desenvolvem as varizes?

As varizes se constituem num dos problemas mais antigos do ser humano.

O sangue é bombeado pelo coração para dentro das artérias que, por sua vez, levam este sangue para todas as partes de nosso corpo. Todas as células de nosso organismo são nutridas por este sangue.

As artérias levam o sangue do coração para as extremidades, e as veias têm a função de levar o sangue de volta ao coração, impulsionado, principalmente pela bomba muscular das panturrilhas. Dentro das veias existem pequenas válvulas que impedem o retorno venoso para as extremidades. Quando as válvulas não se fecham adequadamente, acontece esse retorno, a que se denomina refluxo. Quando acontece o refluxo, aumenta a quantidade de sangue dentro das veias, o que faz com que elas se dilatem.

 

A seguir listaremos os passos a serem tomados por pessoas que pretendem evitar de forma natural esse tão sério problema antes que ele se torne um caso cirúrgico:

  • Emagreça: Quanto menor o seu peso menos você forçará as veias de sua perna ao fazer qualquer coisa de pé, o que diminuirá a chance de deformá-las. Manter o peso sobre controle além de ajudar a evitar o aparecimento das varizes também te ajudará com várias outras doenças de origem circulatória, como a celulite.
  • Evite calor excessivo: Seja por banhos quentes, insolação ou sauna, não é saudável expor seu corpo a temperaturas acima das que ele é feito para trabalhar. O calor excessivo lesiona principalmente as células da superfície, o que pode causar danos a sua pele ou vasos sanguíneos periféricos, resultando em varizes, pele oleosa ou ressecada, descamamentos e melanomas. Nunca tome sol entre as 10h e 14h, utilize protetor solar e sempre refrigere sua pele de tempos em tempos se tiver expondo ela excessivamente.
  • Faça exercícios: Porém os de pouco impacto e sem forçar mais do que seu corpo aguenta. Isso pois exercícios são bons pois além de ajudar a controlar o peso, mantem os músculos mais fortes e resistentes e esses por sua vez ajudam a proteger a veias. Não se deve exagerar pois o impacto de exercícios muito intensos agride as veias demasiadamente, logo o ideal é praticar modalidades como natação, bicicleta ou caminhada, mas não corrida. No caso de academias, frequente as que contam com profissionais formados que te orientarão como obter bons resultados sem agredir o seu corpo.
  • Evite roupas que agridam a circulação: Roupas duras e apertadas, como jeans “segunda pele”, cintos ou elásticos atrapalham a circulação sanguínea estrangulando as veias, o que faz com que aumente muito a pressão dentro dos vasos logo abaixo da área apertada, o que pode fazê-lo se deformar. Saltos altos são também conhecidos por atrapalhar a circulação e serem causadores de celulites, acreditava-se que eles piorassem a situação de varizes também porém estudos atuais indicam que talvez nesse caso eles sejam “inocentes”, porém aconselho a não exagerar, eles ainda são agravantes para várias outras doenças.
  • Utilize meias elásticas para varizes: Porém pesquise a procedência da meia e a utilize corretamente, como dito antes, roupas apertadas não planejadas PIORAM o problema, as meias ideais para varizes apertam a perna de forma a não estrangular os vasos e sim a dar apoio a eles, para que não sofram impacto e não se deformem. Siga as instruções de utilização da meia, que geralmente mandam você não utilizá-la se estiver causando desconforto, vesti-la deitado e pela manha, usar sempre meia da menor compressão para seu caso e que tenha tamanho ideal para sua perna.
  • Mantenha variações hormonais sob controle: Redobre o cuidado em fases da vida onde existam forte variação hormonal (gravidez, amamentação, menopausa, menstruação, etc) e se tiver algum sinal de uma variação fora do comum, consulte um médico.
  • Balancear a alimentação e ingestão de toxinas: Além do objetivo de não engordar, você deve se importar também em evitar produtos que afetem negativamente o sistema circulatório, como excesso de sal, tabaco e álcool. Faça uma dieta balanceada contendo todos os nutrientes e vitaminas necessárias para seu corpo não sofrer de nenhuma deficiência.
  • Evitar ficar muito tempo na mesma posição: O estresse contínuo de um vaso sanguíneo pode levá-lo a sofrer algum trauma resultando em um variz, logo evite longos períodos sentados ou de pé. Dê uma volta a cada muito tempo sentado ou sente-se a cada muito tempo em pé.

Seguindo habitualmente as dicas enumeradas acima você minimizará e muito a ocorrência das varizes no seu corpo (ênfase em suas pernas). Não podemos garantir que você ficará totalmente livre delas pois há coisas que nós não temos como prever ou evitar, como tendências genéticas muito fortes ou traumas acidentais que abalem os vasos sanguíneos, porém evitar as causas mais comuns de uma doença já é algo importante e que ajudará você bastante.

Como se trata das varizes?

Existem diferentes tipos de tratamentos para as varizes. O mais importante são as medidas preventivas. Quando estas medidas de precaução não são suficientes, o seu médico poderá indicar um ou vários dos tratamentos conforme abaixo:

Escleroterapia química– É provavelmente a técnica usada há mais tempo. Muito utilizada para as microvarizes ou vasos e para as varizes de calibre muito pequeno. Consiste na injeção de substancias esclerosantes que expulsam o sangue para as veias normais e entopem as veias que estão sendo tratadas. Embora essas injeções precisem ser repetidas em algumas veias, a escleroterapia costuma ser muito eficaz e com excelentes resultados quando realizada por médicos experientes;

Cirurgia – as cirurgias de varizes estão cada vez menos agressivas. A grande maioria das varizes pode ser realizada hoje através de mini-incisões e o tempo de internação hospitalar raramente precisa passar de 24 horas. As varizes retiradas numa cirurgia não provocam danos à circulação, uma vez que as outras veias normais e o sistema venoso profundo normal se encarregam de garantir o fluxo de retorno;

Laser escleroterapia – a escleroterapia com laser está em evolução e ainda não substitui a escleroterapia química. Não pode ser aplicada em todos os tipos de pele e ainda não dá bom resultado nos vasos de calibre maior. Novas tecnologias com laser em desenvolvimento poderão ampliar a sua utilização. No Brasil alguns médicos fazem o tratamento misto: laser e injeções;

Laser endovenoso – consiste na introdução de cateter com laser dentro das varizes com a intenção de destruí-las pelo calor. É uma técnica ainda em fase experimental;

Radiofreqüência – é a mesma técnica anterior usando o calor produzido por cateteres dotados de dispositivo de RF (radio-freqüência).

loading...

Escreva aqui !

4 Comentários

  • Школа актерского мастерства Сергея Базарова disse:

    There’s a wealth of information here. Thanks! I’ll be back for more.