Os 10 produtos mais idiotas para PC

Quem tem computador sabe que existem diversos produtos à venda para ampliar suas funções. Impressoras, webcams, pendrives e microfones são os periféricos mais comuns, justamente por sua utilidade.

Quem tem computador sabe que existem diversos produtos à venda para ampliar suas funções. Impressoras, webcams, pendrives e microfones são os periféricos mais comuns, justamente por sua utilidade.

Há, no entanto, uma lista infinita de produtos disponíveis, e alguns se destacam justamente por seu uso bizarro. O blog de humor Cracked conduziu uma eleição dos periféricos mais estranhos e inúteis já criados. Confira a lista dos dez melhores… ou seriam os piores?
______________________________________________________________________

10 – O inimigo dos protetores de tela
Batizado de Mouse Jiggler, o produto da Wiebe Tech dá aquela ‘chacoalhada’ eventual na seta do mouse para evitar que o computador entre no descanso de tela.



Os usos sugeridos: deixa que você fique passeando pelo escritório o dia todo, sem que fique evidente (ao menos na tela de seu PC) que você não está trabalhando.

Há ainda uma versão "turbinada": ela deixa o ponteiro tremendo constantemente, a ponto de impossibilitar o uso do mouse.
 

9 – Estilo ‘Os três patetas’
Parece uma mãozinha fazendo o ‘v da vitória’, mas na verdade esse aparelho serve para ‘massagear’ os olhos. Segundo os fabricantes, a massagem ocular é relaxante e melhora diversas funções do corpo.

Agora, você teria coragem de colocar uma espécie de vibrador em miniatura em contato com seus próprios olhos?


 

8 – Vela aromática, versão 2.0
Parece um pendrive, mas funciona como uma espécie de ‘incenso high-tech’.

Você carrega o Aroma USB com essências aromáticas, liga o aparelinho ao computador e se despede dos odores desagradáveis.

Mas vale a pena desperdiçar uma porta USB de seu computador apenas para eliminar a necessidade de usar sprays perfumados ou velas aromáticas? Fora que esse produto só pode ser usado com o computador. Já as velas funcionam até onde não há energia elétrica.

7 – Cachorro tarado… por computadores
Basta ver o vídeo deste aparelhinho em ação para entender o motivo dele estar nesta lista. Talvez seja engraçado pela primeira vez que você liga. Por uns dez segundos. No máximo.

6 – Loucuras holandesas
A idéia em si já começa sem sentido: caixas de som integradas a um bicho de pelúcia. E piora daí pra frente: o bicho de pelúcia em questão parece o cadáver de um escravo masoquista, todo vestido em couro negro e com olhos em ‘x’, como os mortos dos desenhos animados.

Se ainda assim você achou o produto da DHINK simpático, resta a avaliação técnica: o som é horrível.

5 – Detector de fantasmas
Para os japoneses da Solid Alliance, não são apenas os vírus que atacam os computadores. Seres sobrenaturais também curtem tecnologia.

Para manter seu computador livre de fantasmas, é preciso usar o Ghost Radar. Teoricamente, o aparelho utiliza sensores e algoritmos complexos para detectar qualquer atividade paranormal ao redor de sua máquina.

4 – Grafite iluminado
Efeitos luminosos estroboscópicos para uma tarefa ‘emocionante’: apontar lápis. Basicamente, essa é a única diferença entre um apontador elétrico comum e o iSharpener – além, é claro, do fato deste último dispensar pilhas, mas precisar ser conectado ao seu PC pelo cabo USB.

O aparelho promove, de certa forma, uma integração entre velhas e novas tecnologias de se escrever. E só.

3 – Preferido dos blogueiros submarinos
Parece uma boa idéia: um teclado portátil, feito de materiais flexíveis, e à prova d’água. O problema é que, apesar do teclado ser capaz de continuar funcionando submerso, e o resto do computador?

Tá bom, ele também resiste a líquidos que, eventualmente, derrubamos durante o trabalho… Mas as teclas são ruins e a portabilidade é uma piada: ele simplesmente não funciona se não estiver apoiado sobre uma superfície plana. Melhor usar o próprio teclado do notebook, não é?

2 – Para quem é pé-frio
Pantufas aquecidas via USB. É isso mesmo. Pantufas, horríveis, ligadas cada uma por um cabo ao seu computador. Tem que ter coragem.

1 – Guarda-costas em miniatura
Os fabricantes acreditam que esse boneco de cerca de 20 centímetros, capaz de falar três frases de efeito, é capaz de intimidar qualquer pessoa que se aproxime de sua mesa para roubar suas coisas (geralmente canetas, o produto predileto dos ‘gatunos’ de escritório).

O USB Bouncer, no entanto, não tem tecnologia nem para identificar se a pessoa que está por perto é o próprio usuário do computador.

Retirado do G1

 

 

 

 

loading...

Escreva aqui !