Smartphones baratos estão roubando espaço de celulares no Brasil

Smartphones baratos roubam espaço de celulares simples no Brasil

smartphone na Panasonic  Smartphones baratos estão roubando espaço de celulares no Brasil

Parece que este ano trará uma grande mudança no mercado de celulares: enquanto os smartphones estão cada vez mais populares no Brasil, as vendas de celulares simples devem cair. A IDC estima que os smartphones crescerão 73% em 2012, enquanto os “dumbphones” devem perder 8,7% das vendas. A transição para smartphones parece inevitável, e este é o primeiro passo.

Conversei com Bruno Freitas, analista de mercado da IDC, que me revelou os números. Em 2011, foram vendidos 9 milhões de smartphones no Brasil. Esse número deve aumentar em mais 73% em 2012. Mesmo assim, os smartphones ainda são minoria em vendas: em 2011 eram 14% do total, e este ano devem subir para 30%.

Mas isto deve mudar em poucos anos. O primeiro sinal: os brasileiros querem menos dumbphones do que antes. A IDC prevê que, este ano, serão vendidos 8,7% menos celulares “tradicionais”. Freitas diz que “a partir de 2012, o mercado de telefones tradicionais entra numa onda de declínio; por outro lado, os smartphones vêm ganhando uma participação que vai se tornar cada vez maior a cada ano”. Nos EUA, um mercado mais maduro, as vendas de dumbphones vêm caindo desde pelo menos 2009, segundo Freitas.

E por que os smartphones estão avançando? É o preço baixo, principalmente do Android – com aparelhos como o Samsung Galaxy 5, que você vê acima. Freitas diz que “com a chegada de smartphones Android num preço que tem se aproximado de um telefone tradicional, naturalmente acontece essa migração de tecnologia”.

Também é devido ao preço que, entre as plataformas, o Android está na frente: 50% do mercado em 2011, contra apenas 15% no ano anterior. Freitas sugere que o Symbian está em segundo lugar, mas sua participação “vem caindo bastante”; e BlackBerry OS e iPhone brigariam pelo terceiro lugar no Brasil. Em 2012, segundo a IDC, o Android deve ampliar ainda mais seu espaço e crescer para 60% das vendas.

smart brasil  Smartphones baratos estão roubando espaço de celulares no BrasilA IDC não informa números para outras plataformas devido a acordos de confidencialidade: “conseguimos falar um pouco melhor de Android porque são diversos fabricantes”, explica Freitas, “mas quando falamos das outras é um pouco difícil, porque é um só fabricante” – iOS é Apple, BlackBerry OS é RIM, Symbian é Nokia e por aí vai.

Freitas também esclarece os critérios para definir o que é smartphone: o aparelho precisa ter OS aberto a apps de terceiros, além de uma capacidade de processamento maior que de celulares tradicionais. Isto significa que aparelhos com iOS, Android, BlackBerry OS, Symbian e até mesmo Bada estão entre os números, mas certos aparelhos – como o Nokia C3, que roda S40 – ficam de fora.

Pelo visto, apesar do preço alto de certos aparelhos no Brasil, há tantos smartphones baratos que os celulares simples estão perdendo espaço. Eles ainda são maioria hoje – mas em alguns anos, ficarão em segundo lugar. [IDC via Estadão] por Gizmodo

loading...

Escreva aqui !