Um tour diferente por todas as regiões do Brasil

Muitas pessoas têm vontade de conhecer outros países, pensando nas belas paisagens que vão encontrar. O que muita gente não imagina é que conhecer o Brasil pode ser uma experiência ainda melhor.

regiões do Brasil  Um tour diferente por todas as regiões do BrasilEm todos os cantos existem pontos turísticos que vão além do óbvio e indo de uma região para outra você encontrará paisagens, fauna, flora e cultura completamente diferentes, como se tivesse ido para outro país.

Norte – Deserto do Jalapão no Tocantins

O Jalapão é um destino maravilhoso para quem pratica ecoturismo e turismo de aventura. Situado em mata de transição entre a caatinga e o cerrado, o local apresenta áreas de savana e deserto. Uma das principais atrações é a Cachoeira da Velha, a maior da região. Uma trilha leva à prainha, com sombra, águas doces e tranquilas.

Rios de águas cristalinas, cachoeiras, corredeiras, chapadas, dunas de areias douradas e uma paisagem de tirar o fôlego fazem do Deserto do Jalapão um dos melhores destinos para quem quer se aventurar.

Nordeste – Festa de São João na Paraíba

O maior São João do mundo acontece em Campina Grande há 30 anos. Durante todo o mês de junho milhares de pessoas se reúnem do Parque do Povo, uma área de 42 mil metros quadrados com mais de 300 barracas, restaurantes e bares. Para quem gosta de festa junina com muita quadrilha, forró e comidas típicas, não há nenhuma melhor – ou maior- no mundo.

Centro-Oeste – Chapada dos Guimarães no Mato Grosso

O Parque Nacional da Chapada dos Guimarães abriga cachoeiras, cavernas, trilhas, lagoas e impressiona por seus paredões. Com vegetação típica do cerrado, é considerado o centro geodésico da América do Sul.

Um ótimo destino para quem gosta de trekking, rapel e cachoeiras. Também é conhecido por atrair místicos curiosos sobre as histórias de aparições de OVNIs e duendes.

Sudeste – Caminho dos Diamantes em Minas Gerais

O Caminho dos Diamantes da Estrada Real reúne história, cultura, natureza e aventura. São 178,3 km entre Diamantina e Ouro Preto e 173,3 km no sentido contrário. As estradas se dividem entre asfaltadas, de terra e trilhas. Para quem quer se aventurar e fazer o trajeto de bicicleta, gastam-se em média 7 dias. Quem prefere ir a pé demora geralmente 20 dias.

Sul – Serra catarinense em Santa Catarina

Para quem gosta de frio mas não quer sair do Brasil, a serra catarinense é uma boa pedida, especialmente para os casais. Cidades como São Joaquim e Urupema registram temperaturas baixas com frequência, inclusive com ocorrências de neve. Boas opções para passeios a dois, com jantares românticos regados a vinho e fondue. Nesse caso, vale a pena ficar de olho na previsão do tempo, já que essas cidades vivem das temperaturas baixas e não serão tão interessantes se o clima estiver ameno.

Dicas de viagem:

Nem todas as opções acima são exatamente as mais confortáveis e você pode passar por perrengues. Portanto, tome alguns cuidados antes e durante a viagem.

Cuidado nas estradas, nem todas estarão nas melhores condições possíveis e, caso você tenha contratado, conheça bem a cobertura do seguro automovel, listados nessa página por planos, que podem não pagar por emergências além de assaltos e acidentes graves. Carregue no carro um GPS e um mapa de papel. Na dúvida, pare e peça informações.

Lembre do básico e faça a mala com muita atenção, para se certificar de que não esqueceu nada de importante. Tenha sempre dinheiro com você, pois nem todas as cidades têm caixas eletrônicos ou aceitam cartões.

Por Tiago Alves

loading...

Escreva aqui !